Conheça algumas práticas BDSM

práticas BDSM

Qualquer actividade deve seguir uma série de normas e regras, mesmo que seja no lado sexual da vida de cada um, existem sempre regras que devem ser seguidas para que tudo corra bem. Quando se está a falar do BDSM e mais propriamente das práticas BDSM, então tudo se torna ainda mais sério, já que foge um pouco ao “normal” e por isso as regras e os cuidados são redobrados.

Para que tudo corra da forma desejada, é necessário uma espécie de conduta ou de boas práticas, como se fosse uma espécie de orientação comportamental específicos para a comunidade e para os praticantes. Na verdade, existe uma espécie de conceitos pré-definidos, por isso a melhor forma de ingressar neste mundo é conhecer antecipadamente todos eles.

Práticas BDSM – Conheça tudo o que precisa

Se está agora a entrar neste mundo pela primeira vez, este é o guia mais especial para você, pois de forma a facilitar a vida de todos, criámos um guia de práticas BDSM que engloba todos os conceitos mais populares.

Safeword

Provavelmente é a prática mais importante de todas, a escolha de uma palavra de segurança, apenas a ser usada quando algo não está a correr bem.

Dominação Psicológica

Consiste num conjunto de humilhações quer físicas, quer emocionais, como o caso de tocar em pontos fracos ou torturar alguém através destes.

Infantilismo

Trata-se do conceito de tratar alguém como um autêntico bebé, com tudo o que tem direito, desde chupeta, às fraldas ou até às reprimendas.

Dominação Pública

Menos comum, consiste em tudo o que é feito em locais públicos, desde discussões até às mais variadas ofensas.

Tease and Denial

Trata-se da provocação até levar alguém ao limite, sem finalizar nada, deixando tudo a meio da sessão, com a sensação de querer mais.

Podolatria

Idolatrarão dos pés, que vão desde as simples massagens, até às torturas genitais.

Crush

Significa o esmagamento de comida, com os pés, para posteriormente ser a alimentação de alguém. Há também outras versões, sem ser com comida, com partes do corpo.

Trampling

Caminhar ou desfilar sobre o corpo de alguém, seja com ou sem calçado.

Jumping

Como o próprio nome indica, significa saltar sobre o corpo, mais uma vez, com ou sem calçado.

Facesitting

Praticando o sufocamento, significa sentar em cima de um rosto.

Spanking

Provavelmente uma das práticas mais comuns, significa o acto de bater, com as mãos e pés, com chicotes, toalhas molhadas ou outro tipo de acessórios BDSM.

Velas

Trata-se do momento de queimar alguém com a cera das velas derretidas, apesar de não deixar marcas é necessário muito cuidado para não queimar em excesso.

Cross Dressing

Está a começar a tornar-se cada vez mais popular no bondage, tratando-se da mudança de papéis, principalmente os homens transformarem-se em mulheres, em tudo no seu dia-a-dia.

Tickling

Trata-se de fazer cócegas, até causar angústia e prazer.

Privação dos Sentidos

Como o nome indica, tratar-se de impedir alguém de ter um dos sentidos, a visão, o cheiro ou a sensação, através de um capuz na cabeça, uma mordaça ou as mãos amarradas.

Mumificação

É o acto de enrolar, até imobilizar, através de ligaduras ou papel de filme, parecendo uma autêntica múmia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.