fetichismo sexual

Fetichismo Sexual

Muitos dos termos usados no BDSM são completamente alterados no sentido que têm, principalmente por desconhecimento por parte da maioria das pessoas. Quando se fala a primeira fez de fetichismo sexual, para compreensão total, é necessário referir também o carácter geral da palavra em si.

Assim, em carácter geral, o fetichismo consiste na adoração ou apreciação específica de um certo tipo de objectos ou práticas, nas quais se coloca um poder místico, capaz de ter efeitos secundários na pessoa. Os amuletos, os talismãs, as mascotes ou até mesmo outro tipo de objectos, para as pessoas que acreditam, representam forças especiais que ajudam a viver a vida. Ou seja, não existe apenas um lado do fetichismo, porém no que diz respeito ao cariz sexual, a caracterização é ligeiramente diferente, denominando-se de fetichismo sexual.

Fetichismo sexual 

No que diz respeito ao lado sexual humano, o fetichismo é visto como uma espécie de diferença, de distúrbio no seu comportamento sexual, sendo que a pessoa usa apenas algumas partes do corpo ou objectos extra, para conseguir obter prazer sexual, mesmo quando estão inseridos numa relação sólida e extremamente apaixonada. Em termos práticos, é como se dentro de um relacionamento normal, uma das pessoas tivesse a necessidade de amar apenas partes do corpo ou obter prazer com objectos, caso contrário a satisfação deixa de existir.

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, praticamente todas as pessoas são fetichistas, pois sentem-se atraídos por características específicas da pessoa que têm à sua frente ou então porque sempre que se fala numa determinada situação ou objecto o seu prazer é elevado ao máximo, mesmo quando não sabem ainda.

Características

O fetichismo sexual pode ser tão simples como o facto de uma mulher gostar particularmente de homens loiros e mais altos do que o normal, outras passa pelo tipo de roupa que preferem ver nos homens. Já os homens, geralmente sentem uma grande atração por lingerie ou couro, por isso sempre que essas situações acontecem o prazer surge naturalmente.

Em alguns relacionamentos, os casais presenteiam-se mutuamente com a possibilidade de usarem o que realmente os fascina, de forma a que mantenham sempre o interesse no melhor nível, despertando a energia sexual que tantas vezes desaparece nos casais mais sólidos.

Por outro lado, o fetichismo pode também ser visto como uma pessoa que apenas consegue o prazer com a apresentação dessas mesmas características, ou seja, é incapaz de amar a pessoa como sendo real, baseando-se apenas no seu modo de agir, nos acessórios usados ou até numa parte do seu corpo.

Fetiches versus BDSM

Existem muitas pessoas que confundem as duas realidades, apesar de uma não estar ligada minimamente à outra. Os fetiches correspondem a fantasias sexuais específicas, não se estendendo para depois do acto sexual, baseando-se na maior parte dos casos com partes do corpo, personagens interpretadas ou roupas escolhidas. Por outro lado, o BDSM é muito mais que isso, é um tipo específico de fetiche, onde a principal fonte de prazer dos intervenientes consiste em amarrar, imobilizar ou humilhar o seu parceiro (ou exactamente o contrário), ou seja é praticamente um estilo de vida, impossível de distinguir os momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.