chinelo

Castigos e fetiches: Chinelo

O spanking é um dos fetiches mais conhecidos no mundo do Bondage e BDSM.

O acto de bater em alguém pode transmitir e dar prazer à pessoa que o esteja a fazer, mas quem está a receber as palmadas, de alguma forma adora sentir a dor, cada palmada é como um “tijolo” no final da construção de uma casa, ou seja cada palmada constitui o caminho para atingir o orgasmo.

Mas hoje, o artigo será sobre spanking mas com um chinelo, poderá bater tanto com um chinelo de quarto como com um chinelo tipo “havaiana”.

Fantasia Sexual com um Chinelo

Inicie a sua fantasia sexual, sendo a mulher a dominadora (claro), o submisso será ou uma criança mal comportado ou um adulto que tenha cometido adultério.

A dominadora descobre que o homem a traio, por isso, o seu castigo será doloroso.

Ele terá que rastejar como um cão, lamber as botas da sua dominadora, e mesmo assim tão depressa ela não o irá perdoar, como precisa de ser castigado, o submisso tem que ir buscar o chinelo ao quarto, este chinelo é grande e preto, com sola de borracha que não escorrega mas quando toca na pele vai fazê-lo ganir!

  • Local de castigo: como criança ou homem mal comportado terá que ser castigado e por isso, vai ter que baixar as calças, as cuecas ou boxers, serão opcionais e quem decide é a dominadora, mas se fosse a si tirava mesmo. O colo da “mamã” será o local onde será castigado, para começar claro, comece com pequenas palmadas para aquecer as nádegas do seu companheiro, dentro da dor, também não queremos que ele fique logo negro!
  • À medida que for dando as palmadas, não se esqueça de aumentar a intensidade, vá verificando com o seu companheiro sexual, se está bem e se quer ou não, que aumente ainda mais a intensidade.
  • Depois de lhe bater no traseiro durante 5 minutos, passe para o chinelo, como boa dominadora que é, não vai avisar, comece a bater e aumente cada vez mais a intensidade, não se esqueça, a palavra de segurança tem que ser discutida antes de qualquer actividade sexual ser iniciada!
  • Para espancar o seu submisso com o chinelo, mude de local, meta-o de mãos e pernas abertas virado contra a parede, faça com que o submisso descreva várias vezes o que fez, porque se portou mal. Cada vez que ele explique, bata-lhe mais e mais com o chinelo, deixe que a raiva entre no seu corpo e seja passada através do chinelo enquanto lhe bate com força e o faz gritar de dor e prazer.

Na minha modesta opinião, enquanto dominadora, ele portou-se mal, além do castigo de ser espancado por um chinelo bem rijo e de ficar com as nádegas vermelhas, acho que deveria de fazer o seu submisso seu criado, ele teria que limpar a casa toda, principalmente o seu quarto e a sua cozinha.

Não se esqueça que quando estiver na cozinha de ter a certeza que ele falhou alguns locais, e por isso, a colher de pau terá que entrar também em serviço!

15 thoughts on “Castigos e fetiches: Chinelo”

  1. Olá Maga, O artigo que faltava neste maravilhoso blogue, o uso do instrumento(provavelmente) mais usado nos lares por mães e esposas: o chinelo com a sua merecida reputação de instrumento de dor, e castigo severo. Não tenho palavras…adorei, adorei!!! O cenário está muito bem pensado, nada melhor do que o adultério ou um filho malcriado que chama nomes à professora, para que o vigor das nossas chineladas constitua imediatamente um acto de arrependimento, traduzido em dor! A foto é excelente, este tipo de chinelo é rijo e castiga bem. Efetivamente pode-se usar em alternativa ao chinelo de quarto, um chinelo tipo havaiana, no caso eu sugiro as Ipanema, porque é um chinelo extremamente duro, flexível e pesado, muito melhor do que a havaiana. Para quem prefere o chinelo de enfiar no dedo, este de facto é o melhor. Eu pessoalmente prefiro o belo do chinelo de quarto, ou o chinelo de usar em casa no dia-a-dia. Há vários modelos, desde o tradicional chinelo de inverno em sola de couro, que provoca um ardor na pele, ao chinelo em sola de borracha dura (ou pvc), como a Magda sugeriu. Podemos optar também por um chinelo ortopédico de uso domestico, em sola de pvc, tipo enfermeira(por falar em enfermeira, aqui fica mais uma sugestão para as dominadoras mais ousadas). Por ultimo e para o mais severo dos castigos, podemos sempre optar por um chinelo ortopédico da Dr. Scholls, em madeira!!! Podemos usar este chinelo, ou a colher de pau, caso a cozinha não fique bem limpa!!! Concordo consigo, o chinelo deve ser grande e preto! Um chinelo grande na nossa mão faz bater o coração mais aceleradamente lol. Neste caso poderemos ter um chinelo dentro dos modelos que sugeri, mas nunca menos que o 40, e poderá ficar exclusivamente reservado lá no nosso armário para as sovas. Haverá dominadoras que preferirão nesse caso usar o próprio chinelo do companheiro…quem sabe começar o castigo com umas meias de liga pretas e os chinelos do companheiro calçados! No caso de o castigo ser aplicado por uma “mamã” cujo filho é rebelde, há quem possa preferir já estar de chinelo nos pés, e tirar o chinelo como uma boa mãe faria. Para quem não sabe, o chinelar ao andar pode ajudar a aquecer o ambiente, por isso que tal mandar o submisso esperar no quarto enquanto a dominadora vai, num chinelar audível e de aviso, à sapateira buscar o chinelo do castigo? As hipóteses são infinitas. Eu nunca experimentei este fetiche, mas já li muito e já muitos vídeos e o que mais me seduz será tirar o chinelo do pé lol. A minha primeira experiencia será fazer exatamente como a Magda sugeriu, ou seja o meu submisso vai ser castigado de chinelo preto, grande e de sola dura que ira buscar ao quarto. Na minha pagina do face book tenho várias fotografias de chinelos meus e que na verdade nunca usei neste fetiche. Se as desejar ver, por favor envie-me um email que eu mando o link

    Um beijinho,
    Raquel

    1. Engraçado, nunca pensei que desse prazer tirar o chinelo e fazer o ruído ameaçador bem como toda a encenação. Para o menino malcriado é verdadeiramente empolgante Falo por experiência própria 🙂 Gostaria de ver os seus chinelos e de ter o link.
      Agradeço.
      Ramos.

    2. Oi Raquel, bom dia, adorei seus comentários e gostaria de te conhecer melhor, também apanhar na bunda com seu havaianas. Poderia me mandar seu link para que eu possa ver ?
      Abraços, Wilson

  2. Gosto de castigar minhas meninas (sub’s) com chinelos, elas estão sempre de havainas pois gosto de ver mulheres calçadas com elas, é muito prático, é só tirar dos pézinhos delas e castiga-las na bunda nua(sempre completamente nua). Porém tenho notado que elas gostam mais de apanhar com o meu chinelo, uma havaiana top 41/42 azul marinho com solado grosso. Elas dizem que é mais masculina e parece com chinelo do papai. Interessante!

  3. Só gostava de saber porque é que a mulher para bater tem que ser com chinelo?
    Não haverá outros instrumentos de castigo, será por a mulher andar em casa de chinelo no pé?

    1. Olá Francisca,

      Podemos bater e castigar com o que quisermos, mas eu vejo o chinelo como o instrumento de eleição, e sim, passa muito por andar com eles no pé em casa, é um instrumento associado à disciplina doméstica.

      Mas tem preferência por outro tipo de castigo?

      Eu vejo na colher de pau outro excelente meio para açoitar!

      Raquel

  4. Ola pessoal, só uso chinelo havaianas, daqueles tradicionais, calço 39/40 e adoro castigar uma bunda lisinha com eles, tenho experiência no assunto, sou meio que profissional, alguém interessado?

    Abraços

  5. Ola Raquel,

    Sobre o chinelo achei bem interessante, pois sempre começamos a apanhar em casa com chinelo e depois com a colher de pau, essa doi bastante e acho que para educar um submisso na cozinha é otimo, e o mesmo tem que apanhar pois nao esta cumprindo as ordens, ai tem que apanhar, como um moleque desobediente, sempre apanhei assim quando moleque.

  6. Oi Maga gostaria muito de apanhar com esse chinelo de couro da foto do início do blog sou adepto do spanking e a minha preferência é apanhar de chinelos e sandálias mas sempre tamanhos 43\44. Como faço para marcar uma sessão com você? você cobra?

  7. Olá, quando eu era adolescente e as vezes eu aprontava e tinha q ser castigado e na hora da surra as vezes me dava prazer ainda mais quando eu sabia q ia ficar de castigo, muitas vezes eu levava a surra na bunda apanhava e logo vinha o castigo era onde me dava mais prazer e na maioria dos castigos eu ficava sozinho no quarto nessa hora eu colocava um shortinho curto e ficava curtindo o tesão e uns dos castigo quando me colocava de joelhos no milho o tesão era ainda maior, shortinho curto meias 3/4 sempre me deu prazer desde criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.