cera quente

Cera Quente, uma experiência que quero?

Todos gostamos de ter brincadeiras fora do comum, e nada melhor do que brincar com cera quente, mas apesar de ser algo muito erótico e que nos deixa completamente loucos, este tipo de brincadeira pode tornar-se perigosa.

É preciso ter em conta que independentemente da brincadeira que queiramos fazer dentro do BDSM ou Bondage, há que seguir sempre uma série de regras para não nos magoarmos. Mas se ainda não sabe como fazer, então há que aprender.

 

Preparação para a cera quente:

  • Todas as brincadeiras necessitam de um ritual inicial. Por isso, este deverá de ser seguido à risca pelo seu Top/ Mestre:
  • Antes de começar a verter cera quente no submisso/ bottom, passe óleo para bebés no corpo, ou pelo menos na parte onde querem utilizar a cera. A remoção da cera quente será mais fácil .
  • Antes de verter cera quente, escolha o local onde o irá fazer. Um bom exemplo será o chão, mas para que se sinta confortável faça-o em cima de uma carpete ou tapete, assim não estará em contacto directo com o chão. Mas antes de verter o que quer que seja, proteja o tapete, utilize um bocado de plástico largo, ou um lençol velho, para que não haja nenhuma catástrofe com a carpete ou tapete.
  • Todos os materiais utilizados, como as velas, o copo de vinho e afins, deverão estar apoiados num local onde não sejam derrubados, o chão será uma boa ideia, mas mantenha longe dos seus pés ou mãos, para que não haja um acidente.
  • Para que não tenha que interromper a sua actividade sexual com cera quente, escolha uma playlist a seu gosto e permita que esta esteja a repetir, assim não terá que interromper a sua sessão.
  • Prepare tudo o que necessitar antes de dar início à sua sessão. Por exemplo, tenha à mão um pano húmido, uma tigela com gelo para o caso de haver alguma queimadura que precise de ser tratada imediatamente. Tenha também uma pomada anti queimaduras e aloé vera, assim estará completamente protegido!

 

Diferentes formas de brincar com cera quente

Sabe que há diferentes formas de brincar com cera quente? Podem deixar pingar, pode derramar, fazer desenhos e até usar penas para espalhar a cera pelo corpo do submisso/a. O que não lhe faltam são maneiras diferentes para brincar com cera quente, basta apenas a sua criatividade.

 

Cera Quente- Como aplicar no corpo?

  • Pingar

Não será necessário explicar como deve fazer pingar uma vela ou a cera quente para cima da pele nua, mas convém que haja uma distância de pelo menos 50 centímetros entre a vela e o corpo do submisso/a. Assim terá a certeza de que não haverá lesões permanentes na pele.

  • Derramar

Poderá derramar a cera quente de duas formas: poderá usar mesmo cera quente, e verte-la directamente de uma tigela ou da própria vela. Apenas tenha a certeza de que mantem a distância de segurança apropriada. Para tornar todo o processo mais interessante utilize uma colher de sopa/ concha, pois além de ser algo extremamente erótico poderá ainda escolher a quantidade espalhada pelo corpo. Cuidado ao espalhar a cera, tenha a certeza que a temperatura não é demasiado elevada.

  • Pintar a cera

Para pintar a cera quente no corpo da sua submissa/o, poderá usar pincéis, cotonetes, penas, ou até mesmo os seus dedos, o que interessa é que dê asas à sua imaginação. Para melhorar ainda mais a sua performance poderá fazer desenhos com cera no corpo, escolhendo particularmente áreas erógenas, dando ainda mais prazer ao submisso/a.

 

Segurança: Para segurança do submisso/a, não deve de utilizar cera quente acima dos 50 graus, pois temperaturas superiores poderão deixar marcas definitivas na pele. Ter cuidado, especialmente com a cera de velas quando deixar apenas pingar.

 

Segurança e Limites a ter com Cera Quente:

Deverá de ter sempre muito cuidado com a cera quente, volto a repetir que a cera não deverá de ultrapassar os 50 graus, pois poderá deixar marcas permanentes na pele do submisso/a.

As brincadeiras praticadas com Bondage são para provocar dor, mas tal como referido, convém que tenha mesmo muito cuidado, além do mais se tiver água a ferver, tenha os mesmos cuidados. É sempre conveniente que tenha gelo numa tigela e um pano húmido para qualquer acidente que possa vir a acontecer.

Ao adquirir as velas tenha cuidado, pois o submisso/a poderá ser alérgico a algum aditivo que a vela possa ter. O facto do submisso/a ter pele clara deverá ainda de ser outra situação problemática e deverá considerar a temperatura da vela quente ser ainda mais baixa, pois este poderá contrair manchas permanentes muito mais facilmente!

 

 Nota: Não se esqueça que o corpo tem partes mais sensíveis do que outras, assim sendo, deverá de ter muito cuidado quando derrama a cera quente. Um pingo de cera nas costas ou no peito, é completamente diferente de quando há cera derramada na vagina, no pénis ou até mesmo no ânus do submisso/a. Tenha cuidado quando expõe o submisso/a à cera, todo o cuidado é pouco, não faça movimentos bruscos.

 

Experiência sexual

Toda a situação deve de ser previamente combinada para não haver enganos e acidentes desnecessários.

Tal como referido, espalhe pelo corpo do submisso/a óleo de bebé, assim terá a certeza absoluta que a remoção da cera quente não será tão dolorosa.

Evite o contacto com o cabelo do submisso/a, será uma dor verdadeiramente abismal, principalmente com cabelo. Mas se a intenção for a de arrancar pelos púbicos por exemplo, o uso de pó talco anteriormente será sempre uma ajuda.

Para que a cera nunca chegue a entrar em contacto com o cabelo do submisso/a, coloque uma bandolete ou até mesmo um chapéu, assim poderá proteger o seu submisso sem qualquer problema.

 

Segurança:

Volto a referir que deverá ter cuidado com o local onde coloca as velas, principalmente para que não haja nenhum tipo de incêndio durante a sua sessão sexual, não haverá nada pior para cortar o erotismo do que um incêndio.

2 thoughts on “Cera Quente, uma experiência que quero?”

  1. Minha atividade preferida dentro do bdsm
    gosto tanto de pingar em meus escravos(as), como tambem gosto qdo pingam em mim.
    Minhas velas preferidas sao as mais simples mesmo, destas que encontramos no supermercado, de preferencia branca

    Parabens pela materia. Gostei muito
    bjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.